Skip to content

O Jornalista entre a Ciência e a Sociedade

Outubro 26, 2009

Na IV Semana de Comunicação e Letras realizada no Mackenzie, Francisco Bicudo esclarece o que fazer para traduzir a ciência para o cotidiano.

por Márcio dos Anjos

IV Encontro de Comunicação e Letras/Linguagens Em Interface

IV Encontro de Comunicação e Letras/Linguagens Em Interface

Elétrons, anti-matérias, bósons e tudo mais que os cidadãos comuns não entendem muito bem precisam ser traduzidos para que a ciência tenha um impacto propriamente social. Eis a função do jornalista social, esclarecida pelo jornalista de revista Fapesp (Fundação de Amparo a Pesquisa de São Paulo) Francisco Bicudo na IV Semana de Comunicação e Letras, realizada na Universidade Presbiteriana Mackenzie.

É uma tarefa difícil, alerta ele. A complexidade do campo científico (“árido, fechado, hermético”, diz ele) exige que o jornalista tome certos cuidados ao reportar um assunto científico.

Dentre os diversos elementos no fazer jornalístico científico, é de suma importância, coloca Bicudo, a importância científica, e a validade científica das pesquisas ‘divulgadas’.

“Para debater sobre o impacto ambiental dos acordos políticos de Copenhague, por exemplo, é preciso antes estar bem informado cientificamente sobre o assunto”. Asserta ele. E acrescenta: “As reportagens precisam ser claras, com apuração precisa e certo aprofundamento sobre o que se vai escrever quanto o impacto social de tal reunião”.

Bicudo recorda, logo depois, do caso do sul coreano Hwang Woo-suk em 2006, quando este cientista alegava ter clonado um coelho. “As revistas científicas reproduziram esta pesquisa, sem saber do seu erro”, coloca.

De qualquer modo, Francisco é enfático na palestra inteira. “É preciso saber em que revista a pesquisa saiu, quem pesquisou, por qual insituição…”.

Por fim, ele no dá as “pistas” para a escrita científico-jornalística. Explicações, humanização, analogias, impactos. “De maneira que o cidadão, leigo, entenda que aquele fato se manifesta também na vida cotidiana, afirma.

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: